Sua Cirurgia

Recomendações para que você tenha uma perfeita recuperação após sua cirurgia.

ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS

ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS
1) Agendamento

Ao realizar o agendamento de sua cirurgia certifique-se da data e horário a realizar a internação hospitalar, mesmo para os procedimento realizados no Hospital Dia.
Não esqueça de confirmar autorização para os procedimentos, sem exceção, caso venha realizá-lo via plano de saúde/seguradora. Esta autorização deve ser realizada previamente , estando o paciente munido de todos seus exames compatíveis ao procedimento cirúrgico.
O procedimento deve ser confirmado com Secretária Nara no fone: (048) 3024-2424 ou pessoalmente na Clínica da Coluna.

2) Visita pré-anestésica

Deverá ser agendada consulta pré-anestésica, sendo nesta elucidada qualquer dúvida sobre o procedimento, técnica anestésica e analgesia pós-operatória.
Nesta consulta deverá ser informado ao Anestesiologista o uso de medicação contínua e temporária, reações alérgicas, uso de próteses dentárias, marcapassos, outros procedimentos cirúrgicos prévios.
Nos procedimentos de urgência ou em que o paciente se encontrar internado a visita pré-anestésica se realizará no ambiente hospitalar.

3) Cuidados do paciente

O paciente deverá comunicar qualquer evento local ou sistêmico que possa interferir no procedimento, como alterações da pele na região a ser operada, febre,tosse,alterações na pressão arterial ou quadros de infecção das vias aéreas.
O paciente deverá se banhar antes da cirurgia não havendo necessidade de depilar a área a ser operada, caso haja necessidade será realizada no ambiente cirúrgico.
Deverá levar os exames relativos ao procedimento cirúrgico.
Caso necessite, levar colete ou colar cervical conforme orientação do médico assistente.

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS

1) Pós-operatório imediato

  • Logo depois de encerrado o procedimento cirúrgico o paciente permanecerá sob monitoramento em sala de recuperação pós-anestésica por período médio de 2hs para ser medicado e prestados cuidados imediatos, até ser encaminhado ao seu quarto. Nos casos de reserva em UTI o mesmo é prontamente encaminhado a esta unidade para cuidados profissionais especializados logo que terminado o ato cirúrgico.
  • Normalmente o paciente permanecerá deitado de costas e com a cabeceira elevada sendo estimulado a mover os membros superiores e inferiores ativamente ou passivamente.
  • Nos procedimentos percutâneos ou minimamente invasivos o paciente receberá alta após 6 hs do procedimento, após avaliação do médico assistente.

2) Durante a internação

  • No primeiro dia após a cirurgia o paciente será estimulado a sentar no leito e poltrona, realizando exercícios respiratórios e fisioterapia motora.
  • Poderá caminhar com auxílio pelo quarto e corredor, salvo em situações especiais.
  • Receberá visitas periódicas de seu médico e cuidados hospitalares para acelerar sua recuperação.

3) Alta hospitalar

  • Ocorrerá conforme o procedimento cirúrgico realizado podendo ser de 6 hs a 4 dias de internação nos procedimentos maiores e mais complexos.
  • Poderá ser transportado em automóvel particular em pequenas distâncias, logo após a alta, e transporte aéreo para distâncias maiores respeitando recomendações de seu médico.
  • Os cuidados com o curativo devem ser mantidos até o retorno, evitando umedecer o local, limpando com SF 0,9% e antiséptico local sempre após o banho.
  • O retorno na Clínica da Coluna será em média 20 dias após alta, quando serão avaliados o ferimento cirúrgico e os exames de imagem.
  • Caso for observada alguma alteração no aspecto do ferimento cirúrgico ou febre associada a secreções, deverá ser contatado o médico assistente para maiores informações através do fone (048) 3024-2424.

4) Cuidados em casa

  • Em casa devem ser evitados longos períodos deitados pois contribuem na perda de massa muscular e flexibilidade, sempre alternando os posicionamentos com pequenas caminhadas de 15 minutos. Evite períodos sentados prolongados, pois tendem a aumentar o desconforto, necessitando em complementação analgésica.
  • Pequenas atividades domiciliares são autorizadas desde que não causem dores, sendo contraindicada a condução de automóveis por período médio de 30 dias até ocorrer à liberação pelo seu médico.

5) Reabilitação

  • O início depende de cada procedimento e normalmente é discutida na consulta, normalmente após 45 dias do procedimento.
  • Já a reabilitação respiratória e alongamentos leves são encorajados logo após a alta, conforme podemos ver no tópico reabilitação pós-operatória.

6) Atividade física

  • A atividade física deve ser iniciada de forma progressiva e conforme orientação de seu médico, geralmente é iniciada com caminhadas em local plano e uso de bicicleta ergométrica normalmente após iniciada a reabilitação específica.
  • A atividade sexual deve ser evitada nos primeiro 15 dias, sempre na posição mais confortável e sem movimentos da área afetada.
  • A atividade física regular e sem esforços intensos é um fator determinante na recuperação do paciente no período pós-operatório, principalmente exercícios isométricos (somente a contratura do grupo muscular sem executar movimento articular) e de flexibilização sem mover a região operada, exceto nos procedimentos como Artroplastias Discais e Sistemas de Estabilização Dinâmicas nos quais o movimento é permitido precocemente.
  • Evite carregar pesos que exceda 3kg, nos primeiros 45 dias.

 

CUIDADOS NO PÓS OPERATÓRIO

Cuidados Pessoais:

  • Alguns dias após a cirurgia você poderá realizar as atividades de cuidados pessoais. Será necessário ajuda para o momento das refeições, troca de curativos e qualquer outra atividade que esteja relacionada a pegar algum peso. Não é momento para testar a sua capacidade de pegar objetos pesados, nem movimentar a coluna em maiores amplitudes e as suas atividades serão retomadas de forma gradativa, conforme a reavaliação médica.

Movimentos que devem ser evitados neste momento:

  • INCLINAR-SE O TRONCO (para frente e para os lados) e RODAR O TRONCO ABRUPTAMENTE!Viajando de carro no retorno para casaProcure sentar na ponta do banco, gire seu corpo e coloque uma perna de cada vez dentro do carro. Recline o assento. Use travesseiros (ou até mesmo toalhas enroladas) buscando um posicionamento ergonômico Programe paradas a cada 40 minutos, saia do carro e caminhe um pouco.

Viajando de avião no retorno para casa:

  • Escolha um assento no corredor e na dianteira da aeronave. Se possível, levante-se e caminhe um pouco.

Voltar a dirigir:

  • Voltar a dirigir irá exigir que você realize movimentos de torção do tronco, o que anteriormente era contraindicado, portanto, inicie dirigindo por pequenos períodos, de 20 minutos, a partir da segunda semana, conforme a aprovação do seu médico. Posicione o assento de modo que os joelhos fiquem nivelados ao quadril.

Restou alguma dúvida?

Entre em contato conosco. Nosso equipe está à disposição para esclarecer suas dúvidas.

Contato